Vocação profissional: saiba como descobrir a sua!

Seja sincero: você já se perguntou se é feliz fazendo o que faz?

Tenha você uma carreira consolidada ou esteja começando, é provável que já tenha se questionado se está seguindo a direção certa na sua caminhada profissional.

A verdade é que somos impulsionados a escolher uma profissão quando somos jovens e não nos conhecemos bem e nos decepcionamos quando nos damos conta de que não deveríamos estar fazendo aqui.

Esse sentimento aumenta quando descobrimos nossa vocação profissional anos depois e nos acomodamos por pensar que é “tarde demais” para tentar algo novo.

Bom, a boa notícia é que não é!

Segundo a pesquisa Re:Trabalho de 2020, da Tera e Scoop&Co em parceria com a Época NEGÓCIOS, mais de 60% dos entrevistados já mudaram de carreira.

O motivo? A maioria quer uma carreira mais alinhada a seus propósitos de vida.

Você também quer? Então esse texto é para você!

O que é uma vocação profissional?

 

Okay, partindo do princípio, vocação é uma habilidade para exercer determinada atividade, seja profissional ou não.

Os mais espirituosos de nós costumam ver na própria vocação um chamado para melhorar o mundo, já que julgam que por ter uma inclinação maior para determinada carreira, impactará positivamente em todos que os encontrarem.

Sendo um pouco menos romântico, mas ainda seguindo essa mesma linha, descobrir a própria vocação lhe dá maiores chances de se desenvolver profissionalmente e encontrar mais alegria na área que se sente mais à vontade.

Esse “chamado” vocacional geralmente é o que separa um profissional feliz e amplamente satisfeito de um que trabalha apenas por sobrevivência e descreve a expectativa de quem sabe que terá prazer em seguir um caminho.

Existem tantas vocações quanto caminhos diferentes. Seja desenhar, escrever, cantar, persuadir, vender, construir, projetar ou outra coisa, existe algo que você sabe e pode fazer bem.

Por isso, é essencial que você descubra o que você sabe fazer para se dedicar a isso, visto que esta decisão está diretamente ligada à felicidade.

No episódio do Impacta Podcast anexado abaixo, algumas dicas de como escolher sua carreira de acordo com sua personalidade baseado em um artigo do Impacta.

Como descobrir sua vocação profissional?

Se você quer ter certeza de que usará seu tempo a seu favor e está buscando uma carreira que o faça feliz, se alinha com seus valores e utiliza seus talentos, então você precisa descobrir sua vocação profissional.

Antes de tudo, preciso informar que não há uma receita de bolo que ajude nesse processo, mas algumas dicas podem facilitar.

Por isso, confira abaixo mecanismos para ajudar no seu descobrimento vocacional!

Faça testes vocacionais

Você certamente se lembra dos testes vocacionais que são famosos em períodos de vestibular e que, mediante respostas de múltipla escolha, dizem a melhor profissão a ser seguida.

Embora eles possam parecer bobos, um bom teste pode realmente ser uma ferramenta incrivelmente útil para descobrir sua vocação, especialmente se você não souber por onde começar.

Para isso, procure um teste confiável e que ofereça resultados consistentes, isto é, que não apresentem resultados aleatórios para as mesmas respostas.

Além disso, você deve saber como usar os resultados a seu favor para que o teste vocacional funcione.

Uma coisa é ter uma lista de carreiras em potencial, a outra é utilizá-la como ponto de partida para insights e autorreflexão. 

Lembre-se de que testes vocacionais não são um atalho, mas uma ferramenta; depende de você usá-la bem.

Faça uma lista de suas opções

Não tem jeito: quer você saiba exatamente o que quer fazer ou não, saber como chegar lá é complicado. 

Se você quer encontrar sua vocação profissional, você precisa selecionar cuidadosamente suas opções para encontrar o melhor caminho.

A melhor forma é apostar na boa e velha lista, sejam elas oportunidades de trabalho tangíveis, educação ou planos de carreira.

Depois de ter tudo escrito, você pode analisar o que não está exatamente certo e restringir seus objetivos.

Uma dica é tentar classificar suas opções da melhor para a pior e agrupar aquelas com perfil semelhante.

Tente unir o útil ao agradável

Às vezes você acha que encontrou a melhor profissão do mundo, mas não possui mercado para exercê-la. O que fazer?

A verdade é que a vida prática exige um pouco mais de pragmatismo na hora de escolher algo para trabalhar, por isso tente encontrar um meio termo entre o financeiro e o que você gosta de fazer – é assim que você encontra sua vocação profissional ideal!

Não olhe apenas para um desses dois pontos, pelo contrário; considere seus interesses, hobbies e habilidades e, em seguida, descubra como eles se traduzem no mercado de trabalho.

Enquanto você está nisso, reveja suas experiências anteriores para informar o seu futuro; o que você gostava de fazer em empregos anteriores? O que você não gostou?

Conhecer seus valores, paixões e habilidades o ajudará a entender que tipo de carreira deve seguir.

Com certeza estar alerta a esses fatores significa que você pode buscar ativamente carreiras que exijam seus talentos específicos.

Peça ajuda para as pessoas próximas

Reflita um pouco: além de você, quem te conhece bem? Essa pessoa – ou essas pessoas, quanto mais ajuda, melhor! – poderá te dar algumas ideias da sua vocação.

Se você já tem algumas ideias, apresente-as para seus amigos e familiares e peça a eles orientação sobre suas habilidades e áreas de atuação onde elas podem ser bem empregadas.

Confia em mim – fazer isso com pessoas que gostam de você é bem mais fácil do que sozinho.

Para mais dicas sobre vocação, assista o vídeo do Paulinho Degaspari abaixo!

Como saber que encontrou sua vocação profissional?

Okay, você seguiu todos os passos para descobrir sua vocação: fez os testes vocacionais, organizou a lista da melhor à pior profissão para você, criou expectativas de carreira possíveis e conversou com as pessoas que te amam sobre suas possibilidades.

Você finalmente encontrou uma atividade que te agrada e pretende segui-la, mas mesmo assim não consegue parar de pensar se realmente achou sua vocação profissional.

O que fazer sobre isso?

Bem, a verdade é que não existe uma fórmula mágica que ofereça uma resposta para isso.

Infelizmente não dá para ter certeza se você fez a escolha definitiva ou se amanhã acordará desejando fazer outra coisa, mas você pode aproveitar essa oportunidade para aprender um pouco mais sobre si e sobre o que gosta ou não de fazer.

Dessa forma, se você mudar de ideia depois, seu leque de opções estará mais restrito, pois você se conhecerá mais do que hoje.

Além disso, tente não pensar demais e aproveite o momento que está vivendo.

Se você gosta da sua nova carreira, não se sabote com inseguranças: sua vocação é aquilo que você faz de bom e que te faz bem, aproveite!

Gostou do texto? Então comenta e compartilha nas suas redes sociais para nosso conteúdo alcançar mais pessoas!

Junte-se

Cadastre-se em nossa newsletter que já impactou +5000 profissionais que queriam melhorar em sua carreira