Eneagrama tipo 1 – O perfeccionista

O perfeccionista

O Perfeccionista: Éticos, dedicados e confiáveis, são motivados pelo desejo de viver da maneira certa, melhorar o mundo e evitar falhas e culpas.

O tipo 01 do eneagrama não é chamado de perfeccionista à toa: ele se esforça para superar a adversidade – particularmente a moral – para que o espírito humano possa brilhar e fazer a diferença, buscando “valores mais altos”, mesmo à custa de grandes sacrifícios pessoais.

Na história, é possível encontrar diversas pessoas que deixaram vidas confortáveis ​​para fazer algo extraordinário porque achavam que algo mais alto os chamava, deixando seus próprios problemas para cuidar dos do mundo. Esta é a natureza dos perfeccionistas.

eneagrama-personalidade-tipo-01-o-perfeccionista

Como é a personalidade do eneatipo tipo 01?

Pessoas de personalidade tipo 01 são pessoas de ação prática – desejam ser úteis no melhor sentido da palavra.

Em algum nível de consciência, eles sentem que “têm uma missão” a cumprir na vida, apenas para tentar o seu melhor para reduzir o distúrbio que veem em seu ambiente.

Embora tenham um forte senso de propósito, também sentem que precisam justificar suas ações para si mesmos e, frequentemente, para os outros. Essa orientação faz com que passem muito tempo pensando nas consequências de suas ações. Bem como em uma maneira de evitar agir de maneira contrária às suas convicções.

Por causa disso, muitas vezes se convencem de que são do tipo “cabeça”, racionalistas que procedem apenas da lógica e da verdade objetiva, mas a imagem real é um pouco diferente: na verdade, são ativistas que buscam uma justificativa aceitável para o que acham que devem fazer.

São pessoas de instinto e paixão que usam convicções e julgamentos para controlar e dirigir a si mesmas e suas ações e que, apesar disso, são muito focadas no erro, isto é, não conseguem lidar com as falhas dos outros e menos ainda com as suas próprias.

eneagrama-personalidade-tipo-01-o-perfeccionista

De antemão, é importante ressaltar que nem sempre estão fixados em falhas. Em muitas ocasiões, sua necessidade de ser bom e melhorar as coisas se expressa por meio de sua preocupação e compromisso em lidar com as mazelas sociais. Uma das razões pelas quais eles são atraídos para apoiar causas justas não é meramente por bondade, mas um modo apropriado de expressar abertamente sua raiva acerca da injustiça sem sentir que você está sendo um rebelde sem causa.

Até porque, comumente, eles acreditam que ocupam o terreno superior moral, ético e espiritual. Para além disso, acreditam que sua maneira é a única maneira correta de ver e fazer as coisas e, portanto, sentem-se justificados em julgar e criticar os outros.

Apesar disso, geralmente não estão tentando soar dessa maneira. Todos nós temos uma voz de reprovação que é acionada de vez em quando quando fazemos algo estúpido e depois vai embora. Como regra, eles têm um crítico interno impiedoso; ao contrário do nosso, nunca vai embora. Está constantemente punindo.

Defeitos do tipo 01

Aqueles que se classificam no eneagrama de tipo 01 andam em uma linha tênue. Quando estão saudáveis, eles nos inspiram com sua preocupação com a justiça e seu desejo de restaurar o mundo à integridade. Estes se comprometem com uma vida de serviço e integridade, sendo equilibrados, responsáveis e capazes de perdoar a si mesmos e aos outros por serem imperfeitos. Eles têm princípios bem definidos, mas são pacientes com os processos que lentamente, mas seguramente, tornam o mundo um lugar melhor.

No entanto, quando estão inclinados para a média ou são insalubres, podem rapidamente prejudicar seu próprio caminho. Os medianos têm mentes julgadoras e comparativas que naturalmente detectam erros e imperfeições. Lutam para aceitar que a imperfeição é inevitável enquanto temem a tirania dessa voz crítica em sua cabeça.

Desde o momento em que se levantam até o momento em que se deitam, percebem um mundo repleto de erros e sentem o dever de corrigi-lo. Não falta trabalho a ser feito: alguém apertou o tubo de pasta de dente no meio, as toalhas não estão devidamente penduradas e afins. Que tipo de pessoa faz esse tipo de coisa? Uns precisam ser perfeitos. Eles perseguem a perfeição porque têm essa sensação vaga e inquietante de que, se cometerem um erro, alguém vai culpá-los, criticá-los ou puni-los.

Os insalubres se fixam em pequenas imperfeições. Estes são obcecados em microgerenciar o que podem. Afirmar o controle sobre algo ou alguém é seu único alívio.

Eles se esforçam compulsivamente para consertar tudo o que está quebrado no mundo, mas o trabalho nunca termina. Irritados, não começam a capturar como isso faz os se sentirem às vezes. Que outros pareçam menos preocupados e interessados ​​em se juntar à sua cruzada para corrigir este mundo os enfurece ainda mais.

Por que as pessoas não se importam tanto quanto eu? Tenho que fazer tudo sozinho? Não é justo.

Além disso, a raiva é sem dúvidas um de seus maiores defeitos. Sentem uma necessidade compulsiva de aperfeiçoar o mundo. Profundamente conscientes de que nem eles, nem ninguém, podem viver de acordo com seus padrões impossivelmente altos, eles experimentam a raiva na forma de ressentimento latente.

Apesar da raiva ser um dos pecados mortais das pessoas de tipo 01, o ressentimento é mais fiel à sua experiência. Alguns acreditam que o mundo julga as pessoas que não seguem as regras, controlam suas emoções, se comportam adequadamente e mantêm seus instintos animais básicos sob controle. Para eles, a raiva está no topo da lista de sentimentos que as pessoas “boas” não devem expressar, então eles enterram a raiva que sentem sobre as imperfeições que veem no ambiente, nos outros e em si mesmos.

Contudo, existe algo mais alimentando sua raiva e sua indignação. Para onde quer que olhem, as pessoas estão se divertindo muito satisfazendo seus desejos ou quebrando as “regras” e não sendo pegas e punidas por isso, enquanto se sentem obrigados a deixar de fazer o que querem fazer para fazer o que deveriam fazer, ou seja, ordenar nosso mundo desordenado.

Ou seja, o esforço de permanecer fiéis a seus princípios, eles resistem aos seus impulsos instintivos, conscientemente não cedendo a eles ou expressando-os com muita liberdade. O resultado é um tipo de personalidade que tem problemas com repressão, resistência e agressão.

Eles geralmente são vistos pelos outros como autocontrolados, até rígidos, embora não se sintam assim. Já que sentem frequentemente que estão sentados em um caldeirão de paixões e desejos, e que o melhor é “manter a tampa” para que eles e todos os outros ao seu redor não se arrependam.

Para eles, o mundo é um lugar imperfeito e sua missão é trabalhar em prol da perfeição, do que é correto, o que pode frustrá-los quando não obtém êxito.

Como o tipo 01 trata a si mesmo

Aqui, é possível observar que eles têm grandes expectativas dos outros e de si mesmos.

Para os medianos, controlar seu comportamento e emoções é uma prioridade. Quando surge um impulso “incivilizado” ou um sentimento inaceitável, irão automaticamente empurrá-lo para baixo e trazer seu oposto para negá-lo. Na psicologia, essa defesa é chamada de formação de reação.

Um exemplo pode ser aqueles que, quando ouvem sua voz cantada, inconscientemente impedem que sua inveja suba ao nível da consciência e a substituam por elogios entusiásticos. Em um nível, isso é admirável, mas porque é motivado por uma necessidade egoísta de não se sentir mal, o sorriso de lábios finos e as palavras gentis deles podem parecer forçados. Os que funcionam no controle de cruzeiro são impiedosamente duros consigo mesmos. Alguns exigem que a perfeição seja mantida em apenas um canto de suas vidas (por exemplo, no quintal, no barco, no escritório), enquanto outros a aplicam em todos os aspectos.

A casa tem que estar imaculada, as contas pagas em dia. As notas de agradecimento precisam ser escritas e postadas no mesmo dia em que os presentes são recebidos.

Alguns acreditam que agir de forma rigorosa consigo mesmo almejando a perfeição os justificará aos seus próprios olhos e aos olhos dos outros.

Entretanto, ao tentar criar sua própria marca de perfeição, muitas vezes criam seu próprio inferno pessoal. Essa orientação dificulta que eles confiem no seu eu interior, o que os afasta do “bem maior” que tão apaixonadamente buscam. Por isso, aprender a lidar com seus pontos fortes e limitações é o objetivo do crescimento para o tipo 01.

Tipo 01 na infância

Crescendo, não é raro de observar que tenham tentado ser crianças modelo. Conheciam cada uma das regras e as seguiam à risca. Também gastam muita energia comparando-se com outras crianças, então uma conversa durante a volta para casa da escola incluirá um pouco sobre si mesmos, mas será principalmente sobre se comparar com outras crianças e seus sucessos, fracassos e percalços.

Tal mentalidade de comparação e julgamento permanece por toda a vida. Esse crítico interior faz sua presença ser conhecida cedo, então eles costumam ser duros consigo mesmos. Às vezes, evitam esportes ou outras atividades em grupo onde podem não se destacar, pois a perfeição é o objetivo desde muito cedo.

Eles fazem muitas perguntas sobre se estão fazendo as coisas corretamente e assumem a responsabilidade por coisas que não são culpa deles. É difícil para as crianças distinguir o certo do errado, mas essas crianças com certeza tentam. Embora não sejam grandes multitarefas (é difícil fazer mais de uma coisa perfeitamente ao mesmo tempo), eles geralmente não se importam quando são solicitados a pegar brinquedos, arrumar a cama ou amarrar os sapatos. A limpeza e a ordem são os reconfortam, mesmo quando são pequenos. Isso faz com que eles se sintam seguros e menos ansiosos.

É provável que tenham sido crianças com um comportamento adulto e que desde cedo se acostumaram a terem sobre si uma cobrança excessiva. Às conquistas dessa cobrança, geralmente feita pela figura materna, não foi dado o devido reconhecimento, o que as fez acreditar que não se deve elogiar algo que é sua obrigação. Além disso, os do tipo 01 foram crianças dedicadas e competitivas, perfeccionistas desde a mais tenra idade.

É preciso frisar às crianças que cometer erros é normal, que elas podem ser imperfeitas e amadas ao mesmo tempo. Elas podem desenvolver o lado saudável do tipo 01 mais naturalmente se receberem a mensagem de cura de que os erros são apenas parte do processo de aprendizado e crescimento. Se você é mãe ou pai de um tipo 01, certifique-se de corrigi-lo quando ninguém mais estiver por perto, para não envergonhá-lo na frente dos outros. Essas crianças podem parecer confiantes o tempo todo, mas são mais tímidas do que você imagina.

Tipo 01 no trabalho

Ninguém se preocupa mais com detalhes do que o tipo 01, então há certas carreiras que se encaixam para eles, porque eles acreditam que as tarefas devem ser realizadas metodicamente e que é importante seguir procedimentos e protocolos, você não quer apenas vê-los pilotando seu avião, você também quer que eles sejam o engenheiro que projeta o sistema de freio do seu carro, o farmacêutico que preenche suas receitas, o programador escrevendo o código para o novo site da sua empresa, o arquiteto elaborando as plantas da casa dos seus sonhos, o contador preparando seus impostos e o editor vasculhando seu último livro. E embora eu reze para que você nunca precise de um, você com certeza quer que seu cardiologista ou neurocirurgião também seja um.

Podem ser ótimos advogados, juízes, políticos, militares, policiais e, claro, professores. Industriosos, confiáveis ​​e bem organizados, eles prosperam em ambientes estruturados onde sabem quais são os prazos e quem é responsável por quais tarefas. Por terem medo de cometer erros, precisam de feedback e incentivo regulares.

São ótimos para avaliar o que não está funcionando dentro de uma empresa ou organização e criar novos sistemas e procedimentos para fazê-lo funcionar corretamente novamente. Porém, também pode haver problemas no local de trabalho, como sua tendência a procrastinar. Não é um bom sinal se você espiá-los batendo na ponta da borracha de um lápis em seu joelho enquanto olha fixamente para uma tela escura de computador. Embora sejam autodisciplinados e motivados para o sucesso, alguns podem adiar o início ou a conclusão de um projeto por medo de não fazê-lo perfeitamente. O ataque ocasional de procrastinação, agravado pela hesitação em tomar decisões rápidas por medo de cometer um erro, pode atrasar as coisas para uma equipe inteira.

Esse mesmo medo de cometer erros os levará a verificar e revisar seu trabalho para sempre, para que outros possam incentivá-los a deixá-lo ir e passar para a próxima tarefa. As pessoas normalmente têm dificuldade em se adaptar à mudança, se ressentem de serem interrompidas ao trabalhar em um projeto e globalizam os problemas; eles acham que se uma parte do negócio está afundando, então todo o negócio está afundando. Se eles descobrem uma falha em um plano de negócios, eles se preocupam que todo o plano seja falho e possa precisar de uma revisão geral ou completa. Porque eles têm medo de críticas ou fracassos, eles rapidamente negam a responsabilidade quando algo dá errado. Não é incomum ouvir um Um dizer: “Não foi minha culpa” ou “Não me culpe; Eu não fiz isso.”.

Como líderes, sempre trabalham duro para apoiar as pessoas que trabalham para eles, particularmente aqueles que demonstram um desejo real de melhorar. Às vezes, no entanto, podem se demonstrar controladores, rígidos e mesquinhos com elogios, mesmo quando são merecidos. Eles também podem ter dificuldade em delegar devido à preocupação de que uma tarefa não será feita corretamente, a menos que eles mesmos a façam. Alguns vão irritar seus colegas de trabalho sem fim, refazendo todos os tipos de tarefas que eles acham que outros falharam em fazer certo na primeira vez.

Finalmente, no trabalho – assim como em outras áreas da vida – lutam para reconhecer e assumir sua raiva. Se você trabalha com um deles, você precisa saber que quando eles começam a reclamar com uma quantidade desproporcional de energia raivosa sobre algo, provavelmente não é por isso que eles estão zangados.

Ainda assim, são dedicados enquanto profissionais, para essas pessoas o dever está acima de tudo. Costumam ser éticos, leais e organizados, mas críticos com o próprio trabalho e o dos outros, exigindo a menor margem de erro possível de todos ao seu redor. Quando estão em posição de poder, são líderes empenhados em manter um alto padrão de qualidade, cobrando de si e de seus subordinados um desempenho que beira à perfeição.

Conheça de forma prática o eneatipo 01 vendo o vídeo abaixo:

Recomendações para o eneagrama tipo 01

1 – Aprenda a relaxar.

Reserve um tempo para si mesmo, sem sentir que tudo depende de você ou que o que você não realiza resultará em caos e desastre. Felizmente, a salvação do mundo não depende apenas de você, mesmo que às vezes sinta que sim.

2 – Você tem muito a ensinar

Você provavelmente é um bom professor, mas não espere que os outros mudem imediatamente.O que é óbvio para você pode não ser tão óbvio para eles, especialmente se eles não estão acostumados a ser tão auto disciplinados e objetivos consigo mesmos quanto você. Muitas pessoas também podem querer fazer o que é certo e podem concordar com você inicialmente, mas por várias razões simplesmente não podem mudar imediatamente.

O fato de outras pessoas não mudarem imediatamente de acordo com as suas prescrições não significa que elas não mudarão em algum momento no futuro. Suas palavras e, acima de tudo, seu exemplo podem fazer bem, embora possam levar mais tempo do que o esperado. Por isso, tenha paciência.

3 – É fácil você se dedicar às coisas erradas dos outros.

E às vezes pode ser verdade que eles estão errados. Mas o que é isso para você? Sua irritação com eles não fará nada para ajudá-los a ver outra maneira de ser.

Da mesma forma, cuidado com sua irritação constante com suas próprias “deficiências”. Sua autocrítica severa realmente ajuda você a melhorar? Ou simplesmente o deixa tenso, nervoso e duvidando de si mesmo? Aprenda a reconhecer os ataques do seu superego e como eles prejudicam, em vez de ajudá-lo.

4 – Entre em contato com seus sentimentos

Você precisa entender o que sente, principalmente os seus impulsos inconscientes.

Embora possa achar que não se sente à vontade com suas emoções e seus impulsos sexuais e agressivos – enfim, com as coisas humanas bagunçadas que nos tornam humanos –, pode ser benéfico manter um diário ou fazer algum tipo de terapia de grupo ou outro trabalho de grupo, tanto para desenvolver suas emoções quanto para ver que outros não o condenarão por ter necessidades e limitações humanas.

5 – O seu calcanhar de Aquiles é a sua raiva presumida.

Você fica com raiva facilmente e fica ofendido com o que lhe parece ser a recusa perversa de outras pessoas em fazer a coisa certa – como você a definiu. Tente dar um passo atrás e ver que sua raiva aliena as pessoas. Para que elas não possam ouvir muitas das coisas boas que você tem a dizer. Além disso, sua própria raiva reprimida pode muito bem estar lhe causando uma úlcera ou pressão alta e é um prenúncio de coisas piores que estão por vir.

Exemplos de figuras com personalidade tipo 01:

Confúcio, Platão, Salahuddin Ayyubi, Joana d’Arc, Sir Thomas More, Mahatma Gandhi, Papa João Paulo II, Nelson Mandela, Margaret Thatcher, Príncipe Charles, Kate Charles, Kate Middleton, Duquesa de Cambridge, Jimmy Carter, Michelle Obama, Al Gore, Hillary Clinton, Rudy Giuliani, Elliot Spitzer, juíza Sandra Day O’Connor, Osama bin Laden, George Bernard Shaw, Thoreau, Dr. Jack Kevorkian, Anita Roddick, Martha Stewart, Chef Thomas Keller, Michio Kushi, George Harrison, Joan Baez, Celine Dion, Ralph Nader, Noam Chomsky, Bill Moyers, George F. Will, William F. Buckley, Keith Olbermann, Jerry Seinfeld, Bill Maher, Tina Fey, Katherine Hepburn, Maggie Smith e Emma Thompson, Julie Andrews, Vanessa Redgrave, Jane Fonda, Meryl Streep, Harrison Ford, Helen Hunt, Capitão “Sully” Sullenberger, “Mary Poppins”, “Sr. Spock “.

Se você quer conhecer mais sobre essa incrível ferramenta, eu tenho duas ótimas notícias para você!

A primeira é que você pode aprender mais sobre o tipo 01 ouvindo esse maravilhoso podcast da coach Kelen Rosa.

Já a segunda é que eu estou escrevendo um e-book de como usar o eneagrama no dia-a-dia e se você tem interesse em aprender mais sobre como interpretar o eneagrama e como aplicar, deixe seu email no campo abaixo.

Preencha seu email e eu te aviso quando o e-book estiver pronto!

Para baixar esse conteúdo em PDF, clique aqui!