Como ter mais motivação no trabalho?

Como espécie, os humanos são inerentemente preguiçosos. Em qualquer situação, estamos programados para encontrar a forma mais prática de poupar gastos de energia.

É por isso que, ao escolher entre correr e assistir TV, muitos de nós escolhemos o último. É simplesmente nossa natureza.

Isso também explica por que pode ser tão difícil nos motivar no trabalho, onde quase sempre encontramos formas de procrastinar até ficarmos sem tempo, especialmente quando envolve a execução de tarefas monótonas ou tediosas, como responder e-mails, preencher planilhas ou planejar apresentações.

O problema, claro, é que motivar-se para um desempenho eficaz e persistente no trabalho é a chave para o seu sucesso final.

A questão, então, é: como podemos combater nossas tendências preguiçosas e procrastinadoras para nos motivar a trabalhar?

Para saber a resposta, leia até o final!

O que é ter motivação no trabalho?

motivação no trabalho

A motivação tem a ver com nossas escolhas, onde gastamos energia e o que priorizamos, sendo especialmente relevante no mundo do trabalho.

Estar altamente motivado no trabalho significa que nos esforçamos mais para fazer o nosso melhor.

Às vezes, somos motivados por fatores externos, como quanto estamos sendo bem pagos, os benefícios que recebemos por meio do trabalho ou se recebemos reconhecimento ou feedback positivo de um supervisor.

Outras vezes, fatores internos nos motivam, como o quanto gostamos do que fazemos ou a importância que acreditamos que o trabalho tem – seja para a empresa ou para o mundo.

Qual a importância da motivação no trabalho?

motivação no trabalho

A motivação no trabalho tem um impacto direto no nosso desempenho. Sendo assim, dados os benefícios de ter uma força de trabalho altamente motivada, é do interesse da empresa maximizar o envolvimento e a motivação dos funcionários.

Melhorar a motivação no local de trabalho tem uma série de benefícios. Hoje, nós separamos os 5 mais importantes.

  • Aumento de desempenho

Um funcionário motivado dará o seu melhor e se esforçará mais, o que fará com que geralmente tenha desempenho em níveis mais elevados e com certeza trabalhará mais.

É claro que não estamos falando de sobrecarregar o funcionário, mas a verdade é que quando alguém está desmotivado, podemos diferenciar entre o seu desempenho máximo e seu desempenho típico.

Entretanto, quando o indivíduo está motivado, há pouca diferença entre os dois – isso significa que eles atuam regularmente com o melhor de suas habilidades.

Se a empresa não quer um trabalho mal desempenhado por um funcionário pouco motivado, precisa trabalhar aumentando a motivação.

  • Aumento do engajamento dos funcionários

Níveis mais altos de motivação geralmente se traduzem em funcionários mais envolvidos com sua equipe e seu trabalho.

Isso significa que uma empresa que investe em aumentar o engajamento dos colaboradores tem, por conseguinte, relações mais saudáveis ​​entre colegas de trabalho, melhor atendimento ao cliente e aumento da criatividade, inovação e resolução de problemas, já que funcionários motivados exibem níveis mais altos de criatividade, inovação e são melhores na solução de problemas.

Por trabalharem com mais paixão e se sentirem conectados ao trabalho que estão fazendo, eles colocam mais energia nessas atividades.

  • Maior satisfação no trabalho

Os funcionários que apresentam níveis mais elevados de motivação também relatam níveis mais elevados de satisfação no trabalho. 

Em função disso, são mais eficientes, têm níveis mais altos de produtividade e se preocupam mais com o que estão fazendo, colocando mais energia e atenção nas tarefas que precisam realizar.

Diante dos desafios, funcionários motivados assumem novos comportamentos e são criativos e flexíveis na busca de soluções alternativas. Como resultado, eles são capazes de superar os inconvenientes que surgirem no meio do percurso.

Por isso, garantir maior satisfação no trabalho – seja aumentando o salário, promovendo ou trocando-o para um setor onde ele se saia melhor – garantirá mais motivação.

  • Aumento do bem-estar do colaborador

Os funcionários motivados relatam estados mais elevados de bem-estar e melhor preparação mental.

Quando eles estão energizados e entusiasmados para fazer seu trabalho, sua saúde física e mental melhora.

Na verdade, essa relação se torna cíclica; maior motivação leva a uma maior sensação de bem-estar. Ao mesmo tempo, melhorar o bem-estar do funcionário leva a níveis mais altos de motivação.

Dicas para ter mais motivação no trabalho

Se você chegou até aqui, certamente está em busca de conseguir ter mais motivação no trabalho. Sendo assim, chegou sua hora! Separamos algumas dicas para te ajudar nesse processo.

  • Lembre-se da razão de estar fazendo seu trabalho

A maioria de nós é compelida a trabalhar arduamente a cada dia, não por metas de curto prazo, mas por imperativos gerais.

Ainda assim, quase todas as pessoas têm uma inspiração centralizadora em suas vidas – uma inspiração que está presente em sua mente o impulsiona a trabalhar duro.

Você, por exemplo, pode ser impulsionado pelo sonho de ser pago para praticar o ofício que você ama – escrever, codificar, fotografar, ensinar, etc. -, desenvolvendo a sensação de se tornar cada vez melhor em algo que você gosta de fazer; pode se sentir motivado pela ideia de conseguir dinheiro para realizar um sonho – comprar uma casa, um carro ou realizar uma viagem – ou, ainda, pode se manter focado em nome de sua família que depende de você.

Seja o que for, o primeiro passo é identificar o que o motiva de forma mais significativa, pois é esse o seu combustível.

  • Transforme uma grande meta em metas menores

Mais tangivelmente, o que quebra a vontade de muitas pessoas é a sensação de estar sobrecarregado com a tarefa em mãos – olhar para um novo projeto e pensar: “nunca serei capaz de fazer isso”.

Podemos combater essa tendência dividindo aquele grande projeto em metas menores. Depois de fazer isso, você pode gamificar o processo de conclusão de cada etapa menor. 

Pessoalmente, acho que a conquista de cada pequena meta em um grande projeto é alcançar o próximo “nível”.

Você também pode adaptar essa abordagem a todos os aspectos do seu trabalho – dividindo cada grande tarefa em pedaços mais facilmente alcançáveis. Para mim, isso se provou essencial.

  • Recompense-se ao cumprir metas

Claro, um aspecto-chave de dividir seu trabalho é recompensar a si mesmo quando você atinge certos novos “níveis”.

Essas recompensas, embora não sejam verdadeiramente intrínsecas – essencialmente, elas equivalem a uma forma de enganar a si mesmo – podem ser poderosas.

Por exemplo, você pode pensar “assim que conseguir fechar esse projeto, vou me recompensar com uma viagem”, em vez de apenas comprá-la imediatamente. Isso consegue me chutar para uma marcha mais alta.

Novamente, esse tipo de motivação não vai sustentá-lo por muito tempo, mas fornece um pequeno empurrãozinho.

motivação no trabalho

Gostou? Então compartilha nas ruas redes sociais para espalhar conhecimento e ajudar outras pessoas a se sentirem mais motivadas!