19 de November de 2019 Marketing Pessoal, imagem e carreira para você ir além!

Como evitar o branco antes de uma apresentação ou discurso

Este artigo faz parte de uma série de 7 artigos da semana da oratória, vamos falar como evitar o branco antes de uma apresentação

Confira os dois primeiros

Como perder o medo de falar em público.
Como se comunicar bem pode transformar sua carreira.

Esse é o terceiro artigo de uma série de sete artigos totalmente gratuitos focados em te ajudar a melhorar a forma como você se comunica e para você perder de uma vez por todas o medo de falar em público.

O nosso tema de hoje é:

Como evitar o famoso “branco” na hora de uma apresentação?

Vamos a definição do termo “deu um branco”:

Geralmente as pessoas atribuem esta expressão quando esquecem totalmente o que iam falar numa apresentação, você pode até estar preparado e com as palavras na ponta da língua e ser assolado por este esquecimento repentino.

Desde a infância somos submetidos a apresentações, ainda na escola os trabalhos em grupo são muito utilizados.

Na faculdade os famosos seminários assombram muito estudantes.

Na vida profissional as apresentações vão desde simples reuniões com o chefe a apresentações de resultados a diretoria.

A verdade é que dependendo do seu ramo de atuação e a posição que você ocupa na empresa você terá que aprender a lidar com apresentações na sua rotina.

Então deixa eu te ajudar em como você evitar que o “branco” assombre suas apresentações.

Por que o “branco” acontece em uma apresentação?

O branco acontece geralmente quando estamos nervosos, ansiosos ou nos sentindo pressionados.

Essa situação de grande estresse acaba liberando um hormônio chamado Cortisol (o hormônio do estresse) que afeta nossa memória e nos gera também diversos outros efeitos colaterais.

E se você já passou por isso tem maior probabilidade de enfrentar outro branco no futuro e isso se deve ao fato de o episódio ficar marcado na sua memória emocional gerando cada vez mais ansiedade para as próximas apresentações devido ao medo de repetição do esquecimento.

Mas tenha calma que vou te ajudar a se libertar deste medo e não ser mais atrapalhado pelo branco em apresentações e provas.
Existem apresentações que são escolhidas e outras que nos são impostas, infelizmente dependendo da sua posição você não terá como escapar de certas apresentações, mas sempre que você definir o tema escolha algo que você domine e goste de falar, isso vai te ajudar muito a se sentir confiante e seguro.

Três simples passos para te ajudar a evitar o branco em uma apresentação:

– O primeiro passo para evitar o branco em uma apresentação

Criar expectativas realistas da sua performance e evitar se preocupar com resultados negativos do passado.

Se você teve um desempenho ruim no passado não adianta se martirizar ou ficar revivendo esta experiência, faz uma lista do que deu errado e das lições aprendidas, você já tem um guia do que fazer ou não fazer no futuro.

– O segundo passo para evitar o branco em um discurso.

Se preparar bem para sua apresentação, dominar o conteúdo de fato e evitar ficar decorando exatamente o que tem que ser falado, se tiver o auxílio de slides jamais coloque textos muito longos, prefira tópicos e imagens.

Estude e ensaie bastante, afinal a repetição é a mãe do aprendizado.

O ensaio vai fazer com que você se sinta à vontade durante a apresentação, pois seu cérebro já conhece detalhadamente e intimamente o conteúdo e como será apresentado.

Jamais menospreze os ensaios, creio que você já deve ter percebido que atores (tanto do teatro quanto da televisão) ensaiam arduamente para que a cena fique a mais natural e perfeita possível.

Quando assistimos uma peça de teatro ou uma cena de filme ou novela pode apostar que horas e horas foram gastas nos ensaios e gravações para conseguirem chegar aos seus olhos.

O terceiro passo para evitar o branco na sua oratória.

Fazer ensaios mentais das apresentações vai amenizar o acontecimento dos branco em uma apresentação.

Ensaios mentais nada mais são do que a visualização de como será a sua performance, quanto mais ricas em detalhes melhor, experimente colocar cores, brilho, sons e cheiros nas imagens mentais criadas.

Não pula essa etapa, essa técnica é tão importante que você nem imagina e muitas pessoas simplesmente ou não a conhecem ou a menosprezam.

A verdade é que nosso cérebro não sabe distinguir o que é imaginação do que é realidade.

Vamos fazer um teste para eu te ajudar a comprovar o que acabei de dizer.

Primeiro você lê as instruções e depois você faz o teste, ok?

Você vai fechar os olhos, respirar fundo e começar a imaginar a comida que você mais gosta, cria uma imagem mental bem bonita e começa a sentir o cheiro da comida e depois o sabor dela, se você fizer o exercício corretamente é muito provável que você fique de água na boca exatamente como ficaria se tivesse realmente vendo a comida na sua frente e sentindo o cheiro dela.

O que esse teste mostra?

Que o seu corpo não sabe distinguir realidade de imaginação. Veja, não há comida alguma na sua frente e mesmo assim o seu cérebro mandou sinais para sua boca que se encheu para ajudar a mastigação de um alimento que não existe.

E utilizando-se dessa “falha” da nossa mente a gente consegue simular na cabeça cada detalhe da nossa apresentação.

E por que este passo é tão importante?

Simplesmente porque sua mente não sabe se a apresentação ocorreu de verdade ou só na imaginação, mas cada ensaio mental vai te trazer muito mais segurança e confiança e finalmente na hora H não será a primeira vez que você faz uma apresentação, porque para o seu cérebro você já fez várias vezes, acontecerá muito mais natural.

Lembra quando você estava aprendendo a andar de bicicleta ou dirigir?

As primeiras vezes pareciam complexas e difíceis demais de processar tudo ao mesmo tempo.

Na bicicleta equilibrar o corpo, pedalar sem olhar para os pedais, olhar para frente, desviar de obstáculos, cair, levantar, cair de novo…

No carro ajustar o banco, ajustar retrovisores, colocar o cinto, pisar na embreagem, dar partida no motor, baixar o freio de mão, engatar a primeira, tirar lentamente o pé esquerdo da embreagem ao mesmo tempo que coloca devagar o pé direito no acelerador e isso só para o carro começar a andar, com o carro em movimento manter a distância segura, passar as marchas, olhar nos retrovisores, se manter na faixa, dar seta, olhar nos retrovisores, frear, acelerar, trocar de marchar, subir, descer, parar, sair… Cansei! Rsrsrsrs

E para quem aprendeu a andar de bicicleta e/ou dirigir e possui a prática necessária percebe que faz tudo de forma automática, não precisa pensar muito sobre o que tem que fazer, mas isso só acontece porque você já fez tantas vezes que para o seu cérebro isso é uma rotina simples.

Eu já me peguei várias vezes dirigindo viajando ou conversando sozinho que chegava no destino sem nem perceber.
Use tudo isso ao seu favor, faça com que apresentações sejam algo rotineiro para sua mente, assim você estará tranquilo e confiante e com certeza não sofrerá nenhum branco.

Deixe-me perguntar uma coisa, você já esqueceu como dirige ou como anda de bicicleta?

É engraçado que a gente nunca esquece não é mesmo?

As apresentações podem ser como dirigir ou andar de bicicleta, você só precisa praticar o suficiente.

Dica convencional:

É o padrão, mas eu não poderia deixar de falar, é aconselhável que você tenha um sono de qualidade, alimentação saudável, pratique exercícios e inclua na sua rotina ao menos 5 minutos de meditação.
Não vou me estender para te explicar por que tudo isso é importante, muito provavelmente você já sabe, basta colocar o conhecimento que já tem em prática.

Dica extra:

Aprenda uma técnica de respiração e relaxamento e pratique-a antes das suas apresentações, parece bobo, mas a respiração pode diminuir sua pressão arterial e acalmar seus ânimos, experimente.

Em breve farei um vídeo e/ou um post ensinando técnicas de respiração e relaxamento, para que você não perca fique ligado no meu Instagram @ilregel.

Se você conhece alguém que precisar ler esse texto, compartilhe e me ajuda na missão de transformar a vida das pessoas através da fala!

Se tiver alguma dúvida ou algo a acrescentar será muito bem-vindo.
Deixe seu comentário abaixo sobre o que você achou do artigo.

E tem um presente!

Para te ajudar a não ter o branco antes de uma apresentação ou se você tem medo ou vergonha e quiser ter  resultados mais rápidos e sólidos, convido você a conhecer o nosso livro digital  “Os segredos da fala” Um treinamento completo que vai fazer você perder o medo de falar em público sem fazer curso de oratória, e em comemoração a semana da oratória, estamos oferecendo de incentivo, 82% de desconto!

Treinamento online os segredos da fala - Inscreva-se

Deixe seu comentário

Related Posts

Como perder a vergonha de falar em público

29 de agosto de 2019

29 de agosto de 2019

Perca de uma vez por todas a vergonha de falar em público,  este é o tema  do quinto artigo da...

Use a oratória para impulsionar sua carreira

25 de agosto de 2019

25 de agosto de 2019

Olá! Estamos na semana da oratória, hoje você vai conferir o quarto artigo de uma série de sete. Totalmente gratuitos...

Como perder o medo de falar em público

21 de agosto de 2019

21 de agosto de 2019

Esse post é o primeiro de uma série de 7 da Semana da Oratória! 1 semana inteira de conteúdo voltado...

A arte da fala, como fazer um discurso e apresentações fascinantes

10 de setembro de 2019

10 de setembro de 2019

O objetivo do artigo de hoje é te munir de dicas e técnicas de como fazer um discurso com excelência...

7 coisas que nunca te contaram sobre o medo de falar em público!

16 de agosto de 2019

16 de agosto de 2019

Não é novidade para ninguém a importância, ou melhor, a necessidade de se comunicar bem, e perder o medo de...

Como se comunicar bem pode transformar sua carreira

22 de agosto de 2019

22 de agosto de 2019

Este texto faz parte da semana da oratória, 7 dias de conteúdo totalmente gratuito focado em como se comunicar bem,...

Como criar palestras que inspiram e prendem a atenção do público

3 de outubro de 2019

3 de outubro de 2019

Se você já assistiu uma palestra inspiradora daquelas que não conseguia nem piscar provavelmente você já se perguntou como criar...

   

Cadastre em nossa Newsletter