24 de September de 2021 Desenvolvimento Pessoal , Carreira e Marketing Pessoal para você ir além!

Como demitir um funcionário corretamente ?

Demitir um funcionário…

Já passou por esta desagradável experiência?

Existe uma tarefa que precisa ser cumprida nas empresas, mas que nem todas as pessoas estão preparadas para cumpri-la e é essa!

Nesse texto, vou trazer um assunto um tanto quanto delicado, mas altamente necessário para você que é gerente ou empreendedor.

Talvez a parte mais difícil do trabalho de qualquer gerente seja dizer a seus funcionários que eles não farão mais parte da equipe, sobretudo aqueles que participam das atividades, treinamentos e cursos oferecidos pela empresa.

Dispensar um funcionário não só o afeta, mas também a todos os outros presentes em sua equipe, influenciando diretamente na rotina de trabalho.

Muitas vezes a conversa é dolorosa, sabendo como esse simples ato pode afetar a carreira de uma pessoa, a autoestima e até o sustento dela.

Então como demitir um funcionário sem que estes fatores pesem?

Quais são os motivos comuns para a demissão de um funcionário?

 

Antes de conhecer o passo a passo e as dicas de como demitir um funcionário, é importante entender que esse é um processo de Recursos Humanos comum e natural dentro de qualquer empresa.

Na prática, existe uma série de motivos que podem levar até a decisão de demitir alguém, como, por exemplo:

  • A produtividade está muito baixa, mesmo depois de uma conversa;
  • Não está focado nas metas e nos indicadores esperados pela empresa;
  • Existem várias reclamações dos colegas de trabalho sobre atitudes e comportamentos.

Esses e outros motivos que geram uma demissão, mostram uma coisa importante: a empresa está focada em alcançar os resultados estipulados nas metas e planos estratégicos e precisa um ambiente propício para isso.

Agora vamos as dicas boas de como demitir um funcionário corretamente:

 

Planeje a demissão de maneira certa

 

Dedique-se em preparar toda a documentação necessária para informar de forma detalhada e precisa todos os valores devidos que serão pagos.

Defina também os detalhes da conversa, dividindo a reunião por pontos que serão esclarecidos.

Neste momento, compartilhe as informações somente com os profissionais que participarão da reunião ou que estarão envolvidos na decisão de alguma forma, como quem fará os cálculos da rescisão, por exemplo.

Proteja as informações ao máximo que puder e não deixe que elas vazem.

Se o funcionário souber da demissão por outras fontes, você pode ter problemas sérios.

 

Escolha um momento adequado

 

A hora do dia que você escolhe para demitir um funcionário pode afetar a forma como ele absorve isso.

Demitir logo no começo do dia e pedir para sair só no final pode gerar uma sensação péssima, por gastar seu tempo em um trabalho que não vai continuar no dia seguinte.

O fato é que não existe um horário correto para isso.

Uma opção melhor é fazer o comunicado no final do dia, porque outros funcionários também estarão saindo.

Esperar até a última hora na sexta-feira afetará menos a semana de trabalho, e pode-se usar o final de semana para comunicar a todos.

Seja direto

Não enrole para revelar que o motivo da reunião é para comunicar a demissão.

O funcionário não deve ficar em dúvida se o que está ouvindo é apenas mais um feedback ou uma justificativa de desligamento.

Nesses casos, se prolongar demais para chegar ao ponto causa uma angústia desnecessária.

Evite pedir desculpa

Pedir desculpas ao funcionário que está sendo demitido é um erro.

Ao fazer isto, você passará a impressão de que é contra o desligamento dele ou que não tem certeza sobre a decisão e o fará questionar se a demissão realmente foi justa.

Então evite frases como “sinto muito”, “me perdoe pelo que vou fazer”, “me desculpe por isso”.

Procure manter um clima cordial e tranquilo durante a reunião.

Explique com clareza, de forma objetiva, os motivos da demissão, se possível, retome os pontos que já foram discutidos nas avaliações periódicas.

Reconheça as contribuições positivas do funcionário que forem devidas, mas não elogie excessivamente para não parecer que está entrando em contradição.

Também deve evitar certos tipos de comentários.

Por exemplo, dizer a frase “isso vai ser bom para você” pode soar como hipocrisia, uma vez que o supervisor continuará empregado e o funcionário terá que procurar um novo emprego.

Desejar boa sorte e dizer que ele tem competência suficiente para arrumar logo um novo emprego, por outro lado, pode ajudar a elevar o nível de confiança e autoestima.

Como demitir um funcionário corretamente: quais os maiores erros?

  • Não fazer avaliações periódicas

Uma atividade da empresa, que pode ajudar no aprendizado de como demitir um funcionário é o feedback contínuo, por meio de avaliações de desempenho periódicas.

O desligamento não pode ser uma total surpresa para o funcionário.

As avaliações periódicas devem ser feitas para comunicar os pontos a serem melhorados, para que a pessoa tenha a oportunidade de corrigir possíveis falhas.

Somente após a comunicação dos problemas de desempenho e de ter sido dada a chance para melhorar é que a demissão é recomendada.

 

  • Passar a responsabilidade a outro

O ideal é que o desligamento seja feito pelo supervisor direto, a mesma pessoa responsável pelas avaliações periódicas.

Delegar aos Recursos Humanos ou a qualquer outro líder, pode passar a impressão de que não houve consenso na decisão.

Isso prejudica, e muito, a clareza da comunicação.

  • Não realizar o desligamento em particular

A comunicação deve ser feita em um local reservado.

Ou seja, longe dos olhos e dos ouvidos do resto da equipe, para evitar constrangimento e exposição desnecessária do funcionário.

No máximo, é recomendada a presença de alguém de Recursos Humanos para servir de testemunha e prestar esclarecimentos sobre os procedimentos da demissão.

Agora que você certamente sabe o que fazer e o que não fazer, não tenho dúvidas que este processo de demissão se tornará menos doloroso do que ele é!

Para conteúdos como esse, me acompanha nas redes sociais abaixo!

Avatar

Designer, Psicanalista e Marketeiro - Sim esse conjunto de habilidades nada convencional me fez pensar como poderia usar meu conhecimento em pessoas, marketing e imagem para ajudar profissionais a atingirem seus objetivos e serem reconhecidos em suas áreas. Aqui você irá encontrar o conteúdo que vai te levar a se desenvolver e alavancar sua vida profissional.

Deixe seu comentário

Related Posts

Como contar sua história para se diferenciar como profissional

10 de julho de 2020

10 de julho de 2020

Fala, jovem! Que as pessoas se inspiram e sentem mais empatia por quem tem uma trajetória repleta de superação nós...

Como divulgar seus serviços corretamente na internet

14 de julho de 2020

14 de julho de 2020

E aí, jovem? Você levou algum tempo para aprender uma habilidade comercializável e agora deseja começar a vender seus serviços...

Precisamos falar sobre Liderança Feminina!

27 de agosto de 2021

27 de agosto de 2021

A equidade de gênero dentro das corporações está avançando, mas muitas mulheres ainda enfrentam dificuldades, dentro e fora das organizações,...

3 Dicas de carreira, para quem está começando agora!

13 de agosto de 2019

13 de agosto de 2019

Em 2017 e 2018 eu dei mais de 10 palestras em universidades e eventos com jovens estudantes em inicio de...

Otimizando seu perfil no Linkedin

31 de julho de 2020

31 de julho de 2020

Os dias de fazer malabarismos para obter um currículo na mesa de um profissional do seu mercado se foram. O...

7 maneiras para evoluir profissionalmente!

14 de janeiro de 2020

14 de janeiro de 2020

Evoluir profissionalmente é um desafio em tanto, para qualquer pessoa que almeje uma carreira de sucesso, por isso hoje escrevi...

Será que estou capacitado para a vaga que eu quero?

5 de setembro de 2019

5 de setembro de 2019

Como eu sei que tenho capacitação ou se estou pronto para vaga que eu quero? Essa uma das perguntas que...

O paradoxo de Stockdale

15 de maio de 2020

15 de maio de 2020

A origem do paradoxo No livro de negócios “Good to Great” escrito por Jim C. Collins, o autor escreve sobre...

O que é podcast e como criar conteúdos de sucesso?

7 de abril de 2021

7 de abril de 2021

Embora tenha sido criado há alguns anos atrás, o podcast vem tomando uma forma maior atualmente, onde vemos por meio...

Como transformar a sua carreira em 13 passos

5 de março de 2019

5 de março de 2019

Se você é um profissional autônomo eu fiz um versão deste texto especialmente para você!   Marketing Pessoal – Como...

Como ser promovido no seu emprego atual em 5 passos?

6 de setembro de 2021

6 de setembro de 2021

Se você está no mesmo emprego há algum tempo, é mais do que lógico que você deseje ser promovido, afinal...

Como criar conteúdo para se posicionar no mercado

17 de julho de 2020

17 de julho de 2020

E aí, jovem? Trouxe para vocês hoje um guia sobre como criar um conteúdo bom o suficiente para te posicionar...

Como fazer um portfólio ?

27 de abril de 2020

27 de abril de 2020

Fala, jovem!   vamos começar, o portfólio é uma compilação de materiais ou trabalhos desenvolvidos por um profissional (ou empresa)...

7 Dicas de Como se Promover na Internet

30 de junho de 2020

30 de junho de 2020

Hoje vamos falar sobre um assunto que está em alta recentemente e envolve sua promoção! Caso não sua internet não...

Soft Skills – Por que você precisa delas para alavancar sua carreira?

13 de novembro de 2019

13 de novembro de 2019 1

Soft skill você sabe o que é e como aplicar na sua carreira?  Chega aqui que eu vou te dar...

   

Cadastre em nossa Newsletter